Resenha: Crer ou Não Crer

Livro - Crer ou Não Crer

O livro Crer ou Não Crer é escrito em forma de uma conversa entre o Padre Fábio de Melo e o professor historiador e ateu Leandro Karnal.

O nome do livre remete a famosa frase crer ou não crer da peça Hamlet e levanta o tema: Deus existe ou não?

Ao ler o livro Crer ou não crer eu me senti sentada na mesa de um bar com duas grandes mentes debatendo sobre religião, sociedade e filosofia. Ao contrário do que a gente espera de um livro desse, que uma parte tenta impor seus pensamentos e credos sobre a outra, nesse livro não acontece.

resenha do livro - Crer ou Não Crer - Fábio de Melo e Leandro Karnal

Na verdade o livro é uma conversa agradável onde cada um expõe seu ponto de vista sobre o assunto, sem chacotas e imposição de verdades. Ah, apesar de o livro ter como tema central se Deus existe ou não, também é possível conhecer um pouco da vida dos dois durante a narração. Passando pela infância pobre do Padre Fábio de Melo em Minas Gerais e como Leandro Karnal era uma criança católica no Rio Grande do Sul.

O que mais me chamou atenção no livro Crer ou não crer é a forma como eles explicam as diferenças entre ser católico e ser cristão e que é possível ser uma coisa e não ser outra e também sobre como as pessoas barganham com Deus em troca de milagres, um assunto que eu sempre pensei muito sobre, mas é difícil os religiosos mais fervorosos concordarem com a maneira com que eu penso rs.

trecos do livro - crer ou não crer

Contra capa do livro - Crer ou Não Crer

Outra conversa muito legal presente no livro é a maneira como o inferno é introduzido nas religiões, mostrando um Deus que pune e se vinga te mandando para o inferno caso o seu comportamento não seja o mais adequado.

O livro não busca converter ateus em cristãos e nem cristão em ateus, mas Crer ou não crer é um conversa onde duas pessoas mostram seus pontos de vistas de maneira clara e sem ofensas. O livro termina com uma maneira excelente e que eu também gostaria de terminar esse post.

Padre Fábio: quem não tem Deus, que tenha Platão.

Leando Karnal: amém!

Compartilhar:

Seja a primeira a comentar

Leave a Comment

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked