02 Mar , 2016

Resenha: Will & Will – um nome, um destino

em Livros

capa do livro Will & Will - um nome, um destino

“Will & Will –  um nome, um destino” é um livro escrito por John Green e David Levithan e que conta a história de dois Will Grayson, onde cada capitulo é narrado por um dos Will.

O Will Grayson criado por John Green mora em Chigado, é bem reservado e Tiny Cooper é seu melhor amigo, Tiny é um jovem gay assumido e que vive trocando de namorado e esta sempre apaixonado e fazendo Will passar vergonha.

O  Will Grayson do David Levithan mora com a mãe, sofre de depressão  e sua amiga mais próxima é Maura, mas com o passar da história veremos que ela não é lá tão amiga assim. Ele tem grande dificuldade de contar pras pessoas que é gay, fazendo de Isaac, um amigo online que ele esta apaixonado, seu único confidente.

livro Will e Will - um nome, um destino - contra-capa

livro Will & Will - um nome, um destino

 

Mas chega uma hora no livro que a história desses dois Will acaba se cruzando, por causa de acontecimentos ruins e cômicos ao mesmo tempo, e quem acaba sendo o elo entre os dois é Tiny.

O livro é bem divertido, principalmente por causa de Tiny que é o responsável pelas partes engraçadas, e apesar de falar bastante sobre homossexualidade esse não é o foco principal do livro, o foco principal é o amor.

Lombada do livro - will e will - um nome, um destino

Fiquei bem triste quando acabei de ler, porque eu realmente estava me divertindo muito com ele, “Will & Will – um nome,  um destino” é um livro de leitura rápida onde você consegue rir e refletir ao mesmo tempo, e como diria Tiny Cooper: Fabuloso!

Compartilhar:
29 Feb , 2016

Unha: Férias – L’Apogée

em Beleza

coleção be happy - l'apogée - esmalte férias

O esmalte escolhido da semana foi o Férias da marca L’Apogée.

Nunca tinha usado nenhum esmalte da L’Apogée, mas como ganhei um da minha mãe resolvi testar, a qualidade é ótima, apenas com duas passadas ele cobriu muito bem e não deu bolinhas.

esmalte azul - esmalte férias L'Apogée

O esmalte Férias faz parte da coleção Be Happy e é um azul metalizado com um toque de lilás, mas que infelizmente não dá pra ser visto na foto, apesar da qualidade do esmalte ser muito boa, eu não gostei muito da cor na minha mão, me apaixonei por ela no vidrinho mas quando pintei minhas unhas não ficou o resultado que eu esperava.

Qual a cor vocês escolheram pra usar durante essa semana? Quero ver fotos, meninas.

Compartilhar:
27 Feb , 2016

Tendências inverno 2016

em Moda

Sei que o verão ainda está bombando, mas como sou apaixonada pelo inverno minha cabeça já esta pensando nos looks lá da frente hehe.

Listras, franjas, jaquetas … vocês precisam ver o que vai entrar nos nossos guarda roupas daqui alguns meses e por isso selecionei alguns itens que vão estar em alta durante o inverno pra gente já começar a pensar nos futuros looks, porque nós adoramos, né haha.

All black

tendência inverno 2016 - all black

Ratier

tendência all black inverno 2016

Alexandre Herchcovitch

Essa é a tendência que nunca sai de moda, rs, e é a minha preferida. Looks all black são essenciais no inverno, mas como vocês podem ver nas fotos no inverno 2016 eles vêem com detalhes estratégicos como decotes e vazados que os deixam sexy, mas sem ser vulgar.

Listras

inverno 2016 listras

Iódice

tendência inverno 2016 - listras

Giuliana Romanno

As listras são super versáteis e fáceis de combinar e fazer mix de estampas (adoro com poás), com certeza elas serão o print do inverno 2016 deixando os looks mais divertidos.

Jaqueta bomber

Tendência inverno 2016 - jaqueta bomber

Ellus

jaqueta bomber - inverno 2016

GIG Couture

Sempre que a gente pensa na jaqueta bomber já visualizamos um look mais esportivo, mas na verdade existe diversas formas de usa-las e tira-la do óbvio, então vamos aproveitar que ela estará em alta no inverno e nos mais variados tipos, como renda, acolchoada ou tipo time de colégio e aproveitar pra colocar todo sua criatividade e bom gosto em uso.

Franjas

tendência inverno 2016 - franjas

Patricia Viera

franjas - inverno 2016

Lolitta

As franjas vêem com tudo no inverno e nos mais diversos estilos deixando-os mais cheios de charme, e o mais legal é que vamos vê-las em couro, tricô e com brilhos.

Tricô

inverno 2016 - tricô

Lilly Sarti

tricô - tendência inverno 2016

Lolitta

Vamos encontrar peças com pontos largos, pequenos, no estilo cropped e maxi, e até peças feitas com lurex pra gente poder arrasar também na balada, portanto, aproveite essa tendência linda e confortável para arrasar.

Viu como esse inverno vai conseguir agradar a todo mundo? Vai desde o clássico all black, passando pelo tricô pra balada, e chegando até nas franjas que vão deixar de ser exclusividade dos looks boho, agora basta você encontrar em qual tendência se encaixa mais e aproveitar a estação mais linda e gostosa do ano.

Compartilhar:
24 Feb , 2016

Resenha do livro “Pare de reclamar e concentre-se nas coisas boas”

em Livros

livro-pare-de-reclamar-e-concentre-se-nas-coisas-boas-capa

“Pare de reclamar e concentre-se nas coisas boas”, é um daqueles livros que deixa a sessão de auto ajuda da livraria mais interessante.

O livro conta de maneira informal e despretensiosa o nascimento e desenvolvimento do projeto A Complaint Free World” (Um mundo sem reclamações) sob a perspectiva do autor Will Bowen, pastor e criador do projeto.

O projeto sustenta-se por trás de uma ideia simples e poderosa de que uma vida melhor e mais leve pode começar com um comprometimento de ficarmos 21 dias sem reclamar. Nas palavras do autor: “Menos dor, mais serenidade e alegria… Que tal? Não é apenas possível. É provável. Lutar conscientemente para reformatar seu disco rígido mental não é uma coisa fácil, mas você pode começar agora e em pouco tempo é provável que tenha uma vida muito melhor.”

livro-pare-de-reclamar-e-concentre-se-nas-coisas-boas-citacao

Essa ideia tem inspirado muitas pessoas desde que surgiu em 2006 e eu sou uma delas, ano passado antes mesmo de ler o livro “Pare de reclamar e concentre-se nas coisas boas”, eu me propus ao desafio de ficar uma semana inteira sem reclamar (o meu relato está aqui no blog). Foi difícil mas me lembro que os resultados para minha “higiene mental” foram bastante proveitosos, realmente me sentí mais leve e com mais energia.

O desafio é simples: você deve utilizar uma pulseira em um dos braços e começar seus 21 dias consecutivos sem reclamar, caso você se pega verbalizando uma reclamação deve trocar a pulseira de braço e recomeçar a contagem toda denovo.

Uma das perguntas que meus amigos mais me fazem referente ao movimento “mundo sem reclamações” e ao livro “pare de reclamar” diz respeito ao critério sobre o que é uma reclamação de fato. Will Bowen trata algumas vezes sobre essa definição, logo no início do livro fazendo um alerta sobre a legitimidade do ato de reclamar em vários momentos de nossas vida. Para o autor, reclamar é falar de coisas que você não quer, em vez de falar daquilo que você quer, o que acaba por desviar a nossa energia para assuntos que não nos trazem satisfação.

livro-pare-de-reclamar-e-concentre-se-nas-coisas-boas-contracapa

Em outro ponto mais esclarecedor, o autor diz que ficar 21 dias sem reclamar é ficar 21 dias sem criticar ou falar mal da vida alheia e que existe uma diferença entre apontar uma falha em algo e fazer uma reclamação.

Lembro que quando fiquei uma semana sem reclamar tive de lidar com esse conflito algumas vezes, e foi até engraçado, acho que só se aprende na prática a diferença entre uma reclamação e um apontamento legítimo. De qualquer modo se você está falando mal da vida do seu vizinho com certeza deve trocar sua pulseira de lugar 🙂

O livro é dividido em capítulos que acompanham as fases pelas quais uma pessoas disposta a ficar sem reclamar passa. Tudo começa com a “incompetência inconsciente” quando ainda não sabemos que reclamamos demais, segue para “incompetência consciente” após descobrirmos nosso vício em reclamações, pela “competência consciente” quando somos capazes de nos policiar para evitar as lamentações e se tudo der certo, após 21 dias, passamos para a “competência inconsciente”, quando a necessidade de reclamar e a necessidade de nos policiar sobre reclamações já não existem mais.

Livro Pare de reclamar e concentre-se nas coisas boas - lombada

É uma leitura leve que pode ser feita em um ou dois dias, totalmente despretensiosa, sem conotação religiosa ou científica, e que vale a pena ser lido pela interessante proposta tão simples e poderosa que traz.

Recentemente tenho feito alguns desafios de 21 dias, a começar pelo meu desafio de 21 dias de pomodoro e depois da leitura de “Pare de reclamar e concentre-se nas coisas boas” pretendo tentar o desafio de ficar sem reclamar em breve, e então volto para contar os resultados aqui para vocês.

Confira um trecho do livro “Pare de reclamar e concentre-se nas coisas boas” no site da editora sextante, compartilhe esse post para que seus amigos também possam aceitar o desafio de ficar sem reclamar junto com você 🙂

Abraço!

Compartilhar:
22 Feb , 2016

Look do dia: macacão jeans destroyed

em Look do dia

look jeans destroyed

Aiiiii quanto tempo eu não atualizo essa categoria, estava morrendo de saudade!!

Esse macacão é uma peça que eu estava namorando a muito tempo, enrolei semanas pra comprar até que não resisti mais e comprei hahaha.
Como ele já chama mais atenção por causa dos rasgados achei legal combinar com uma camiseta branca básica e com essa alpargata que eu amo (medo do dia que ela estiver toda acabada haha).

look macacão jeans

como usar jeans destroyed

como usar macacão jeans

jeans e alpargatas - como usar

 

Regata: C&A / Macacão: Riachuelo / Alpargatas: Oscar Calçados

Agora acho que vou em busca de uma calça jeans destroyed, mas com rasgos mais contidos haha, só aqueles desfiados, sabem? Vocês gostam dessa tendência?

Beijos!

 

Compartilhar: