27 Feb , 2016

Tendências inverno 2016

em Moda

Sei que o verão ainda está bombando, mas como sou apaixonada pelo inverno minha cabeça já esta pensando nos looks lá da frente hehe.

Listras, franjas, jaquetas … vocês precisam ver o que vai entrar nos nossos guarda roupas daqui alguns meses e por isso selecionei alguns itens que vão estar em alta durante o inverno pra gente já começar a pensar nos futuros looks, porque nós adoramos, né haha.

All black

tendência inverno 2016 - all black

Ratier

tendência all black inverno 2016

Alexandre Herchcovitch

Essa é a tendência que nunca sai de moda, rs, e é a minha preferida. Looks all black são essenciais no inverno, mas como vocês podem ver nas fotos no inverno 2016 eles vêem com detalhes estratégicos como decotes e vazados que os deixam sexy, mas sem ser vulgar.

Listras

inverno 2016 listras

Iódice

tendência inverno 2016 - listras

Giuliana Romanno

As listras são super versáteis e fáceis de combinar e fazer mix de estampas (adoro com poás), com certeza elas serão o print do inverno 2016 deixando os looks mais divertidos.

Jaqueta bomber

Tendência inverno 2016 - jaqueta bomber

Ellus

jaqueta bomber - inverno 2016

GIG Couture

Sempre que a gente pensa na jaqueta bomber já visualizamos um look mais esportivo, mas na verdade existe diversas formas de usa-las e tira-la do óbvio, então vamos aproveitar que ela estará em alta no inverno e nos mais variados tipos, como renda, acolchoada ou tipo time de colégio e aproveitar pra colocar todo sua criatividade e bom gosto em uso.

Franjas

tendência inverno 2016 - franjas

Patricia Viera

franjas - inverno 2016

Lolitta

As franjas vêem com tudo no inverno e nos mais diversos estilos deixando-os mais cheios de charme, e o mais legal é que vamos vê-las em couro, tricô e com brilhos.

Tricô

inverno 2016 - tricô

Lilly Sarti

tricô - tendência inverno 2016

Lolitta

Vamos encontrar peças com pontos largos, pequenos, no estilo cropped e maxi, e até peças feitas com lurex pra gente poder arrasar também na balada, portanto, aproveite essa tendência linda e confortável para arrasar.

Viu como esse inverno vai conseguir agradar a todo mundo? Vai desde o clássico all black, passando pelo tricô pra balada, e chegando até nas franjas que vão deixar de ser exclusividade dos looks boho, agora basta você encontrar em qual tendência se encaixa mais e aproveitar a estação mais linda e gostosa do ano.

Compartilhar:
24 Feb , 2016

Resenha do livro “Pare de reclamar e concentre-se nas coisas boas”

em Livros

livro-pare-de-reclamar-e-concentre-se-nas-coisas-boas-capa

“Pare de reclamar e concentre-se nas coisas boas”, é um daqueles livros que deixa a sessão de auto ajuda da livraria mais interessante.

O livro conta de maneira informal e despretensiosa o nascimento e desenvolvimento do projeto A Complaint Free World” (Um mundo sem reclamações) sob a perspectiva do autor Will Bowen, pastor e criador do projeto.

O projeto sustenta-se por trás de uma ideia simples e poderosa de que uma vida melhor e mais leve pode começar com um comprometimento de ficarmos 21 dias sem reclamar. Nas palavras do autor: “Menos dor, mais serenidade e alegria… Que tal? Não é apenas possível. É provável. Lutar conscientemente para reformatar seu disco rígido mental não é uma coisa fácil, mas você pode começar agora e em pouco tempo é provável que tenha uma vida muito melhor.”

livro-pare-de-reclamar-e-concentre-se-nas-coisas-boas-citacao

Essa ideia tem inspirado muitas pessoas desde que surgiu em 2006 e eu sou uma delas, ano passado antes mesmo de ler o livro “Pare de reclamar e concentre-se nas coisas boas”, eu me propus ao desafio de ficar uma semana inteira sem reclamar (o meu relato está aqui no blog). Foi difícil mas me lembro que os resultados para minha “higiene mental” foram bastante proveitosos, realmente me sentí mais leve e com mais energia.

O desafio é simples: você deve utilizar uma pulseira em um dos braços e começar seus 21 dias consecutivos sem reclamar, caso você se pega verbalizando uma reclamação deve trocar a pulseira de braço e recomeçar a contagem toda denovo.

Uma das perguntas que meus amigos mais me fazem referente ao movimento “mundo sem reclamações” e ao livro “pare de reclamar” diz respeito ao critério sobre o que é uma reclamação de fato. Will Bowen trata algumas vezes sobre essa definição, logo no início do livro fazendo um alerta sobre a legitimidade do ato de reclamar em vários momentos de nossas vida. Para o autor, reclamar é falar de coisas que você não quer, em vez de falar daquilo que você quer, o que acaba por desviar a nossa energia para assuntos que não nos trazem satisfação.

livro-pare-de-reclamar-e-concentre-se-nas-coisas-boas-contracapa

Em outro ponto mais esclarecedor, o autor diz que ficar 21 dias sem reclamar é ficar 21 dias sem criticar ou falar mal da vida alheia e que existe uma diferença entre apontar uma falha em algo e fazer uma reclamação.

Lembro que quando fiquei uma semana sem reclamar tive de lidar com esse conflito algumas vezes, e foi até engraçado, acho que só se aprende na prática a diferença entre uma reclamação e um apontamento legítimo. De qualquer modo se você está falando mal da vida do seu vizinho com certeza deve trocar sua pulseira de lugar 🙂

O livro é dividido em capítulos que acompanham as fases pelas quais uma pessoas disposta a ficar sem reclamar passa. Tudo começa com a “incompetência inconsciente” quando ainda não sabemos que reclamamos demais, segue para “incompetência consciente” após descobrirmos nosso vício em reclamações, pela “competência consciente” quando somos capazes de nos policiar para evitar as lamentações e se tudo der certo, após 21 dias, passamos para a “competência inconsciente”, quando a necessidade de reclamar e a necessidade de nos policiar sobre reclamações já não existem mais.

Livro Pare de reclamar e concentre-se nas coisas boas - lombada

É uma leitura leve que pode ser feita em um ou dois dias, totalmente despretensiosa, sem conotação religiosa ou científica, e que vale a pena ser lido pela interessante proposta tão simples e poderosa que traz.

Recentemente tenho feito alguns desafios de 21 dias, a começar pelo meu desafio de 21 dias de pomodoro e depois da leitura de “Pare de reclamar e concentre-se nas coisas boas” pretendo tentar o desafio de ficar sem reclamar em breve, e então volto para contar os resultados aqui para vocês.

Confira um trecho do livro “Pare de reclamar e concentre-se nas coisas boas” no site da editora sextante, compartilhe esse post para que seus amigos também possam aceitar o desafio de ficar sem reclamar junto com você 🙂

Abraço!

Compartilhar:
22 Feb , 2016

Look do dia: macacão jeans destroyed

em Look do dia

look jeans destroyed

Aiiiii quanto tempo eu não atualizo essa categoria, estava morrendo de saudade!!

Esse macacão é uma peça que eu estava namorando a muito tempo, enrolei semanas pra comprar até que não resisti mais e comprei hahaha.
Como ele já chama mais atenção por causa dos rasgados achei legal combinar com uma camiseta branca básica e com essa alpargata que eu amo (medo do dia que ela estiver toda acabada haha).

look macacão jeans

como usar jeans destroyed

como usar macacão jeans

jeans e alpargatas - como usar

 

Regata: C&A / Macacão: Riachuelo / Alpargatas: Oscar Calçados

Agora acho que vou em busca de uma calça jeans destroyed, mas com rasgos mais contidos haha, só aqueles desfiados, sabem? Vocês gostam dessa tendência?

Beijos!

 

Compartilhar:
20 Feb , 2016

5 tendências de decoração para 2016

em Decoração

O Pinterest lançou uma lista intitulada Pinterest 100, onde ao examinar mais de 100 milhões de “Pins” que circulam pela rede eles encontraram as maiores tendências em gastronomia, moda, decoração entre outros que irão estar em alta nesse ano e claro que resolvi compartilhar algumas das que eu mais gostei com vocês. Bora lá conferir algumas das tendência de decoração.

5 – Tons neutros

tons neutros na decoração

Foto: Blog Social 1

tendência de decoração - tons neutros

Foto: Blog Social 1

Tons como cinza, preto e branco estão em alta na decoração esse ano, e eu amei isso porque acho lindo decoração nesses tons. Fica um ambiente bem clean e muito sofisticado, além de ser bem mais fácil fazer diferentes combinações.

4 – Design escandinavo

decor - design escandinavo

Foto: Moça Fresca

tendência - decoração escandinava

Foto: Moça Fresca

O estilo escandinavo é bem minimalista, cheio de linhas retas, madeira e tons bem neutros, super indicado para pessoas que gostam de ambientes mais clean. Os ambientes criados nesse estilo geralmente são mais funcionais e dão uma sensação bem aconchegante.

3 – Almofadas estampadas

almofadas coloridas na decoração

Foto: Reali Imobiliária

almofadas coloridas - tendência

Foto: Reali Imobiliária

2016 será repleto de estampas criativas na decoração, principalmente nas almofadas. O bom dessa tendência é que se você é dessas que enjoa rapidamente dos ambientes, as almofadas são uma forma bem rápida e fácil de renovar. Em lojas como a Mobly e a Oppa  é fácil encontrar lindas e divertidas almofadas pra deixar a casa ainda mais linda.

2 – Azulejos geométricos

tendência de decoração - azulejo geométrico

Foto: Monta Casa

decoração azulejo geométrico

Foto: Monta Casa

Se você esta cansada da monotonia de algum ambiente, os azulejos geométricos irão te ajudar. Você pode continuar a tendência do ano e usa-los em tons mais sóbrios ou pode ser ousada e escolher um mais colorido. Alguns azulejos podem dá até um ar artístico ao ambiente e deixa-lo mais criativo.

1 – Papel de parede com detalhes metalizados

decor- papel de parede metalizado

Foto: Doce Obra

tendência - papel de parede metalizado

Foto: Doce Obra

Nada melhor que poder acrescentar um pouco de brilho e luxo a nossa casa, não é?
Os papeis de parede metalizados além de dá um toque todo sofisticado ao ambiente, é muito fácil combinar com os tons neutros que também estão em alta esse ano.

Gostaram das tendências de decoração? Agora mãos a obra e bora deixar nossa casa ainda mais linda.

Compartilhar:
17 Feb , 2016

Como 21 dias de pomodoro me ajudaram a ser uma pessoa mais produtiva e menos ansiosa

em Aleatoriedades

Pessoa com relógio mexendo no computador e fazendo anotações

Logo nos primeiros dias de Janeiro eu e meu amigo William Ribeiro nos desafiamos mutuamente a uma jornada de 21 dias de pomodoro. Recentemente ambos completamos o desafio e nesse post você vai descobrir como foi a minha experiência e que impacto esses 21 dias trouxeram para minha rotina.

Relato de um procrastinador

Eu me considero uma pessoa cheia de planos e ideias mas com muito menos disciplina do que o necessário para trazer esses planos e ideias para a realidade. Admiro profundamente quem consegue criar hábitos saudáveis e transformar pequenos projetos em realidade.

Minha cabeça está sempre cheia de planos, coisas para aprender e ideias incríveis que aos poucos caem no esquecimento. Eu não tenho o hábito de me reservar um tempo para relaxar e quando deveria estar focado em meus planos me pego em atividades sem sentido, como ver a timeline do facebook, que não me trazem nem relaxamento nem produtividade.

Depois de vários ciclos de pequenas frustrações, sem relaxamento e nem produtividade eu me sinto frustrado e ansioso, e meus planos vão ficando cada vez mais distantes da realidade.

Esse tipo de relato soa familiar para vários de meus amigos, pessoas enérgicas e cheias de ideias mas que simplesmente não sabem como manter o foco em suas tarefas.

Isso soa familiar para você?

Técnica pomodoro

Timer de cozinha com boneco do dart vader ao lado - técnica pomodoro

A técnica pomodoro é bem simples e consiste em um período longo de foco total sem distrações em uma tarefa seguido de um curto período de recompensa e relaxamento. Normalmente utilizamos o período de 25 minutos de foco seguido de 5 minutos de recompensa/relaxamento. É só isso.

Existem várias ferramentas na internet para gerenciar seu tempo de pomodoro, eu utilizei o tomato timer mas se você preferir pode usar o alarme do seu celular, um timer de cozinha ou qualquer coisa que funcione pra você.

Por que 21 dias?

Desde os anos 1960, a teoria dos 21 dias, criada pelo cirurgião Maxwell Maltz advogada que um novo hábito pode ser criado no prazo de 21 dias. Isto é, um comportamento repetido durante 21 dias, depois desse período se torna parte de nossa programação mental.

Além disso, 3 semanas me pareceram o tempo suficiente para testar a técnica pomodoro e reconhecer seus benefícios. Assim, eu assumí o desafio de durante 21 dias fazer 2 pomodoros por dia, ou seja, 25 minutos de foco seguidos por 5 minutos de relaxamento duas vezes todo dia de segunda a segunda.

O impacto dos 21 dias de pomodoro

Homem olhando para o celular enquanto usa o computador
Passei pelos 21 dias de pomodoro com sucesso. Obtive vários resultados positivos durante o processo, os mais importantes deles foram:

  • Depois de um ano sem ler nenhum livro, eu conseguí ler 3 livros em um mês.
  • Depois de enrolar minha namorada durante um mês dizendo que editaria vídeos que ela produziu para seu canal no youtube, eu utilizei um ciclo pomodoro para aprender a usar um editor de vídeos chamado Shortcut e mais 2 ciclos de pomodoro para editar seu vídeo.
  • Minha ansiedade derivada dos repetidos ciclos de procrastinação foi bastante reduzida
  • Fui obrigado a dividir meus planos e ideias em pequenas tarefas realizáveis em um período de 25 minutos (talvez esse tenha sido um dos impactos mais positivos)
  • Os momentos de procrastinação no facebook me pareceram claramente desperdício de tempo que poderia ser usado pra fazer algo legal e produtivo
  • Depois de passado os 21 dias de pomodoro continuo utilizando a técnica em meu dia a dia, principalmente porque agora eu adquirí o hábito de criar tarefas de 25 minutos.

Descobrí que aquele sentimento megalomaníaco de que eu seria capaz de entregar uma grande tarefa do dia pra noite em um momento de total inspiração é consequência de um pensamento pouco organizado e que o antídoto para a frustração que esse sentimento gera é a capacidade de entregar pequenas tarefas constantemente.

Eu adoro meu trabalho e adoro estudar, conseguir manter o foco nessas atividades fez com que os 5 minutos de relaxamento do pomodoro tivessem um gostinho a mais de recompensa. Inclusive levei a técnica para meus colegas de trabalho e fizemos alguns pomodoros em dupla (o que eu apelidei de “pairmodoro” 😛 ).

Ainda não sou a pessoa disciplinada que eu gostaria de ser, mas dei um passo muito importante nessa direção e estou me sentindo satisfeito com os resultados desses 21 dias de pomodoro.

Abaixo deixo algumas referências sobre a técnica pomodoro para que você possa ler e começar também o seu próprio ciclo de 21 dias de pomodoro.

Compartilhe esse post com seus amigos para convidá-los para o desafio e boa sorte!
Dica: comece hoje.

Compartilhar: