21 May , 2018

O Caminho de Abraão: Fé, Amor e Guerra em Travessias Separadas Pelo Tempo

em Livros

Livro - O Caminho de Abraão

Livro – O Caminho de Abraão

O livro O Caminho de Abraão é o primeiro romance do jornalista Jamil Chade, que intercala no livro os horrores na guerra da Síria e a história de Abraão, o patriarca das três religiões – cristianismo, islamismo e judaísmo.

No romance O Caminho de Abraão conhecemos Hagar, uma jovem francesa filha de imigrantes argelinos que apesar da vida difícil na periferia de Marselha, se destacar nos estudos e consegue uma vaga para cursar química em uma das faculdades mais renomadas da França.

Hagar se forma justamente quando começa uma grande crise econômica no mundo e milhares de pessoas se veem desempregadas, incluindo Hagar.

contra capa do livro O caminho de Abraão

Recém formada e frustrada por não conseguir o tão sonhado emprego, ela resolve ir embora de Paris e voltar para a casa dos pais em Marselha, uma vez lá, ela começa a enxergar que seus pais contavam com sua ajuda financeira após os estudos e um emprego em uma multinacional que cai no colo em perfeita hora.

Ao aceitar a vaga, Hagar é enviada para Síria – ainda não em guerra – para ocupar um grande cargo em um das maiores fabricantes de cimento do mundo.

Porém, com os confrontos que começam em 2011 Hagar se vê obrigada a cumprir ordens que ela é totalmente contra e acaba se vendo envolvida meio de um dos maiores e mais cruéis conflitos da história e se torna uma das milhares de pessoas que estão tentando fugir dos horrores da guerra na Síria.

Resenha - o caminho de abraão

Os capítulos do livro O caminho de Abraão se intercalam entre a história de Hagar e o caminho que o patriarca das três maiores religiões fez há milênios.

O Caminho de Abraão é com certeza um dos melhores e mais fortes livros que eu li. O autor Jamil Chade conta a história com riquezas de detalhes e logo nas primeiras páginas já fiquei aflita por qual seria o trágico destino de Hagar.

Compartilhar:
16 May , 2018

Resenha: A Mulher Entre Nós – Ela Não É Quem Você Pensa

em Livros

Livro - A mulher entre nós

Assim que eu recebi o livro A Mulher Entre Nós – Ela Não É Quem Você Pensa da Editora Paralela do grupo Companhia das Letras eu fiquei super curiosa para ler, afinal, eu amo um thriller psicológico, e claro, a leitura foi fantástica.

Em A Mulher Entre Nós – Ela Não É Quem Você Pensa conhecemos Vanessa, uma mulher recém divorciada que saiu muito machucada de seu casamento com Richard, que no fim a trocou por uma mulher mais nova, mas o mais surpreendente, Vanessa sabia de tudo.

Dizem a esposa é sempre a última a saber. Mas não foi meu caso. Simplesmente preferi fingir que não vi. Jamais pensei que fosse durar. Meu arrependimento é uma ferida aberta.

Lombada de livro - A mulher entre nós

Resenha do livro - A mulher entre nós

 

Assim que se começar a ler o livro livro A Mulher Entre Nós – Ela Não É Quem Você Pensa a mente já começa a fervilhar com várias hipóteses para a história, e a mais lógica é: essa ex-esposa é uma obcecada maluca e esse homem é um sonho, mas vai por mim, você precisa ler as três partes do livro para entender exatamente cada detalhe da vida de cada um dos personagens.

Eu adoraria fazer uma resenha de A Mulher Entre Nós – Ela Não É Quem Você Pensa recheada de detalhes, falando da personalidade dos personagens, dos acontecimentos de suas vidas, porém, qualquer coisa que eu fale a mais aqui, pode e provavelmente se tornará um spoiler. Isso é um sinal de que o livro é bom mesmo haha.

Contra capa do livro - a mulher entre nós

O livro é repleto de reviravolta, o tempo todo. Quando você pensa que entendeu o porquê das ações dos personagens, vem algum acontecimento que muda todo o rumo desta história que gira em torno de um casamento que parece perfeito mas que na verdade é doentio e fracassado.

Resenha do livro - a mulher entre nós

Como o livro A Mulher Entre Nós – Ela Não É Quem Você Pensa que eu recebi é uma prova antecipada não vou entrar em detalhes sobre gramática e ortografia, porque provavelmente ele pode chegar nas livrarias novamente revisado.

Mas tudo o que eu tenho para falar é LEIAM o livro A Mulher Entre Nós – Ela Não É Quem Você Pensa, um dos melhores thrillers psicológicos que eu já. As revelações dos personagens me deixaram perplexa, e o final é realmente surpreendente.

Compartilhar:
09 May , 2018

Resenha: Canção de Ninar – Leïla Slimani

em Livros

resenha do livro - canção de ninar -  Leïla Slimani

Eu e o José participamos de um evento da Editora Planeta para conhecer os lançamentos desse anos e nesse evento eu recebi o livro Canção de Ninar da autora Leïla Slimani, um best seller na França que aqui foi publicado pela Tousquets.

Em Canção de Ninar conhecemos um casal francês que resolve contratar uma babá após a esposa decidir que quer voltar a trabalhar e se dedicar a sua profissão de advogada.

Depois de algumas entrevistas com mulheres dispostas a cuidar de seus dois filhos,  o casal decide por Louise, uma babá que parece dos sonhos, perfeita, que aparentemente cuida muito bem de seus filhos e de quebra ainda arruma a casa e faz deliciosas refeições

Resumo do livro - Canção de ninar

Porém, mal sabia os pais que Louise iria matar seus dois filhos e ainda tentar suicídio, e não, isso não é spoiler, afinal a primeira frase do livro é: O bebê está morto.

Ao longo do livros somos levados a história de como o casal decidiu por essa babá e também conhecemos Louise fora do emprego e vemos como essa mulher é paranóica e estranha e vemos como a babá chegou ao ponto de matar Adam e Mila.

Livro - Canção de NInar
Canção de Ninar é um thriller psicológico que prende a nossa atenção desde a primeira página – eu li o livro todo em apenas um final de semana – e mesmo que ele já jogue a grande bomba do livro na primeira frase, isso não faz a leitura ser menos interessante e instigante.

Capa do livro - Canção de ninar

Contra capa do livro - Canção de ninar

Leïla Slimani em Canção de Ninar constrói os personagens com detalhes e é ao mesmo tempo interessante e irritante ver a personalidade maluca de Louise.

O que eu mais gostei na leitura é que em Canção de Ninar não há rodeios, a autora nos apresenta tudo de maneira clara e fluida, porém, sem tirar o tom de suspense em cada página e em nenhum momento ela nos dá vilões e mocinhos na história, mesmo sabendo que a babá matou as crianças, não a vi como uma grande vilã, apenas uma  mente perturbada.
Para fãs de suspense e que gostam de leitura rápida, Canção de Ninar é leitura obrigatória!

Compartilhar:
06 May , 2018

Resenha: Crer ou Não Crer

em Livros

Livro - Crer ou Não Crer

O livro Crer ou Não Crer é escrito em forma de uma conversa entre o Padre Fábio de Melo e o professor historiador e ateu Leandro Karnal.

O nome do livre remete a famosa frase crer ou não crer da peça Hamlet e levanta o tema: Deus existe ou não?

Ao ler o livro Crer ou não crer eu me senti sentada na mesa de um bar com duas grandes mentes debatendo sobre religião, sociedade e filosofia. Ao contrário do que a gente espera de um livro desse, que uma parte tenta impor seus pensamentos e credos sobre a outra, nesse livro não acontece.

resenha do livro - Crer ou Não Crer - Fábio de Melo e Leandro Karnal

Na verdade o livro é uma conversa agradável onde cada um expõe seu ponto de vista sobre o assunto, sem chacotas e imposição de verdades. Ah, apesar de o livro ter como tema central se Deus existe ou não, também é possível conhecer um pouco da vida dos dois durante a narração. Passando pela infância pobre do Padre Fábio de Melo em Minas Gerais e como Leandro Karnal era uma criança católica no Rio Grande do Sul.

O que mais me chamou atenção no livro Crer ou não crer é a forma como eles explicam as diferenças entre ser católico e ser cristão e que é possível ser uma coisa e não ser outra e também sobre como as pessoas barganham com Deus em troca de milagres, um assunto que eu sempre pensei muito sobre, mas é difícil os religiosos mais fervorosos concordarem com a maneira com que eu penso rs.

trecos do livro - crer ou não crer

Contra capa do livro - Crer ou Não Crer

Outra conversa muito legal presente no livro é a maneira como o inferno é introduzido nas religiões, mostrando um Deus que pune e se vinga te mandando para o inferno caso o seu comportamento não seja o mais adequado.

O livro não busca converter ateus em cristãos e nem cristão em ateus, mas Crer ou não crer é um conversa onde duas pessoas mostram seus pontos de vistas de maneira clara e sem ofensas. O livro termina com uma maneira excelente e que eu também gostaria de terminar esse post.

Padre Fábio: quem não tem Deus, que tenha Platão.

Leando Karnal: amém!

Compartilhar:
30 Apr , 2018

Resenha: A Gaiola Dourada de Vic James

em Filmes

Capa do livro - A Gaiola Dourada

A algumas semanas eu recebi da Galera Records o livro A Gaiola Dourada, com uma capa que me ganhou logo de cara – sim, sou dessas que muitas vezes escolhe o livro pela capa haha – e de brinde ainda veio uma linda gaiola dourada haha e confesso que fiquei muito empolgada para lê-lo, por isso, vamos parar de enrolação e ver sobre o que se trata do livro A Gaiola Dourada.

O livro A Gaiola Dourada – A liberdade não é para todos é o primeiro volume da trilogia Dons Sombrios de Vic James. O livro nos leva para Grã-Bretanha onde os mais ricos e influentes ingleses possuem habilidades estranhas – magia – como poder curar de forma acelerada e ler mentes. E claro, existe o outro lado da sociedade, que não faz parte dos ricos da realeza e não possuem essas habilidades mágicas e por isso, eles precisam viver dez anos de suas vidas como escravos.

Páginas do livro - a gaiola dourada

Resumo do livro - A gaiola dourada

Mas é aquela coisa né, ricos e poderosos querendo mostrar que na verdade eles são boas de boas, de bons corações e deixam esses pobres coitados decidirem quando vão querer cumprir sua década de escravidão.

E assim nós conhecemos Abi Hadley e sua família. Abi é uma garota muito inteligente e está prestes a ir para a faculdade, porém, ela decide adiar o seu sonho para poder ir cumprir os dias de escravo junto com toda a família, porque seus pais conseguiram uma maneira de que toda a família, incluindo a irmãzinha que tem apenas dez anos fossem todos para a mesma casa de uma nobre família, os Parva-Jardine.

Mas logo no primeiro dia tudo já começa a sair do controle, o irmão do meio de Abi, Luke, acaba não podendo ir junto com a família, porque ele havia sido na verdade mandado para Millmoore, uma cidade de escravo que era famosa pela brutalidade que os escravos sofriam dentro de suas fábricas. Em Millmoore o trabalho era extremamente pesado e muitos dos escravos que conseguiam sobreviver aos dez anos nesta cidade acabam com lesões físicas ou psicológicas, resumindo, Millmoore era um verdadeiro pesadelo.

contra capa do livro a gaiola dourada

Particularmente, eu gostei do livro, o enredo é excelente, porém a narrativa é bem cansativa, vai se arrastando e arrastando e parece que nunca vamos chegar em um momento realmente empolgante.

Se pretendo continuar lendo os próximos volumes da trilogia? Com certeza! Apesar desse A Gaiola Dourada ter sido uma leitura cansativa, não tem como não ficar na expectativa para saber o que vai acontecer com Abi, sua família e todo o resto do povo inglês.

resenha do livro - a gaiola dourada

MInha esperança é que neste primeiro volume A Gaiola Dourada tenha sido apenas para a autora nos apresentar à família e entender como funciona aquela sociedade e que a ação virá nos próximos capítulos. Torcendo por isso!

Compartilhar: